5 principais perguntas sobre a Cirurgia da Face

Mitos e Verdades sobre Toxina Botulínica
16 de julho de 2017
6 motivos para fazer a Abdominoplastia
30 de julho de 2017
Show all

5 principais perguntas sobre a Cirurgia da Face

A Ritidoplastia, mais conhecida como Lifting Facial, é a cirurgia que promove o rejuvenescimento da face, reposicionando os tecidos e volumes da região.

Esse procedimento possibilita excelentes resultados, proporcionando contorno e harmonia ao rosto. Esclarecemos abaixo as 5 principais perguntas relacionadas à cirurgia:

1 – Quando o Lifting facial é indicado?

Esse procedimento é indicado para pessoas que se sentem incomodadas com os sinais de envelhecimento, como: rugas e linhas de expressão, flacidez na região do queixo, pálpebras caídas, perda de tônus muscular e deslocamento dos volumes faciais.

2 – O procedimento deixa o semblante artificial?

Com o avanço das técnicas cirúrgicas é possível aperfeiçoar a fisionomia do paciente, respeitando suas estruturas e suas particularidades, proporcionando resultados naturais e harmônicos, sem grandes alterações. Para isso, é necessária uma conversa franca entre paciente e Cirurgião Plástico, de forma a determinar os objetivos e possibilidades.

3 – As cicatrizes ficam evidentes?

As incisões são realizadas em locais estratégicos, como na região das têmporas, no couro cabeludo e atrás da orelha, dessa forma, as cicatrizes serão discretas e tendem a sumir gradativamente. É importante ressaltar que o processo de cicatrização dependerá da resposta do organismo de cada paciente.

4 – O pós-operatório é doloroso?

Os pacientes toleram muito bem o pós-operatório, sem dores fortes. O médico poderá receitar alguns remédios para evitar a dor.

5 – Quanto tempo demora para o resultado final?

O resultado da cirurgia é gradual e dependerá da resposta do organismo de cada paciente, mas seu resultado final poderá ser observado após o segundo mês da realização do procedimento.

Quer saber mais sobre o assunto? Clique aqui e agende sua consulta na Clínica Lindomar Delgado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *