• A reconstrução da mama é conseguida através de várias técnicas de cirurgia plástica que tentam restaurar a mama considerando-se a forma, a aparência e o tamanho após a mastectomia;
  • A mama reconstruída não terá a mesma sensibilidade que a mama que substitui;
  • As cicatrizes são visíveis e estarão sempre presentes na mama, seja após a reconstrução ou a mastectomia;
  • Algumas técnicas cirúrgicas irão deixar cicatrizes no local doador, geralmente localizadas em áreas menos expostas do corpo, como nas costas, no abdômen ou no glúteo.

A reconstrução da mama é um procedimento física e emocionalmente gratificante para uma mulher que perdeu a mama devido ao câncer ou a outra situação. Uma nova mama pode melhorar radicalmente sua autoestima, autoconfiança e qualidade de vida. Embora a cirurgia possa lhe dar uma mama relativamente natural, a mama reconstruída nunca será igual a mama que foi removida.

A reconstrução da mama é um procedimento individualizado. Você deve fazê-lo para si mesma, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para tentar se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.