A mastopexia é um procedimento cirúrgico voltado para a correção de mamas caídas e flácidas que não apresentam excesso de volume, porém, encontram-se fora da posição e com formato alterado.

O objetivo é reverter o caimento natural dos seios, que envolve o reposicionamento da aréola e a retirada do excesso de pele, levantando as mamas até sua posição original, observando também a simetria.

Nesta cirurgia há a conservação de todo tecido mamário, contudo, em caso de deficiência do volume, podem ser incluídas próteses. Ou, quando há excesso de tecido mamário, pode-se combinar ao procedimento de mamoplastia redutora.

A mastopexia é indicada para mulheres que, ao longo da vida, sofreram alterações nas mamas, sejam elas por meio de hormônios (puberdade, gestação, amamentação e menopausa), oscilações de peso, fatores genéticos e o próprio processo de envelhecimento.

Agende sua Consulta

Procedimento Cirúrgico

O que acontece durante a cirurgia de mastopexia?

Na cirurgia de mastopexia, o cirurgião retira o excesso de pele e reposiciona o tecido mamário, dando a mama um novo contorno e formato. Quando há o desejo de aumentar os seios, há a colocação de próteses mamárias e, quando a paciente apresenta excesso de volume de tecido mamário, ocorre a cirurgia de mamoplastia redutora.

 

Etapa 1 – Anestesia

Medicamentos são administrados para que a paciente tenha conforto durante a cirurgia. Existem algumas opções e o médico irá recomendar a melhor para cada caso.

 

Etapa 2 – Incisão

Opções de incisão incluem:

  • Ao redor da aréola;
  • Ao redor da aréola, verticalmente para baixo da aréola, em direção ao sulco da mama;
  • Ao redor da aréola, verticalmente para baixo da aréola, em direção ao sulco da mama e, horizontalmente, ao longo do sulco da mama.
 

Etapa 3 – Remodelando as mamas

Após as incisões nos seios, o tecido mamário subjacente é levantado e remodelado para melhorar a firmeza e o contorno da mama. Depois, o mamilo (que permanece com seu suprimento sanguíneo original) e a aréola são reposicionados no seio. Caso seja necessário, as aréolas ampliadas podem ser reduzidas por meio da excisão de pele ao redor. Já a pele em excesso é removida para compensar a perda de elasticidade.

 

Etapa 4 – Fechando as incisões

Depois de realizar a remodelação, o excesso de pele é retirado e as incisões são fechadas. Algumas linhas provenientes das incisões ficam escondidas nos contornos naturais da mama, porém, outras ficam visíveis na superfície da mama. As cicatrizes da mastopexia são permanentes, mas ao longo do tempo, elas podem melhorar significativamente. As suturas são feitas em profundidade dentro do tecido mamário para sustentar os seios recém modelados. Suturas, adesivos de pele e/ou fita cirúrgica podem ser utilizados para fechar a pele.

 

Passo 5 – Resultados

Os resultados da mastopexia são imediatamente visíveis. Com o tempo, o inchaço diminui.

 

Pós-operatório

Ao finalizar o procedimento de mastopexia, são colocados gazes e micropore nas incisões. Uma bandagem elástica ou sutiã podem ser usados para minimizar o inchaço e sustentar os seios.

Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido que possam acumular.

Por que escolher a Clínica Lindomar Delgado?

  • Médicos te escutam e auxiliam SUAS escolhas.
  • Atenção do seu médico até o final do seu tratamento.
  • Renuvion: equipamento moderno para lipo HD e flacidez de pele.
  • Equipamentos modernos de lipoaspiração.
  • Técnicas de cicatrizes reduzidas para mamoplastias.
  • Segurança de hospital referência nacional.
  • Equipe de fisioterapia referência em Cirurgia Plástica na região.

Preencha o formulário abaixo para entrar em contato: